Nosso e-mail comercial@johnsfarms.com.br
Contate-nos pelo telefone +55 (11) 4620-9150

Ração para cachorro idoso: o que é e porquê usar

Ração para cachorro idoso é uma alimentação que contribui para prolongar a vida de seu amigão. Como todo ser vivo, os cães também envelhecem, e rápido ainda.

Então nada melhor do que você descobrir algumas maneiras de manter seu pet saudável e feliz para que ele passe mais tempo com você.

Quando nossos amigos de quatro patas vão ficando mais velhos, a tendência é que eles precisem de mais nutrientes e exercícios para não engordarem. Sendo assim, uma boa alimentação é vital para que seu cão se mantenha saudável.

Desta maneira ele irá envelhecer bem, além disso, há a necessidade de uma mastigação mais fácil com a ração ou alimentação natural. A primeira dica é uma ração macia e bem nutritiva, que será como uma refeição completa para seu amigão.

Então, para esclarecer melhor o que é ração para cachorro idoso e qual suas vantagens, separamos este texto nos tópicos:

  • Ração macia
  • Idade certa para começar a ração específica
  • Rações ideais para cachorro idoso
  • Cuidados com o cachorro idoso
  • Por que usar uma ração sênior?
  • Doenças que podem ser evitadas
  • Como dar ração para cachorro sem dente

Aproveite nosso conteúdo para melhorar a saúde do seu amigo, o tempo estimado de leitura é de 10 minutos.

Ração macia

A ração precisa ser nutritiva e agradável na hora de mastigação, então para isso é necessária uma ração macia, afinal seu cão já tem os dentes desgastados. Não queremos nenhum acidente, não é mesmo?

Com a ajuda de um médico veterinário, você pode saber mais sobre como estão os dentes de seu cão, se eles estiverem frágeis, uma ração macia deve ser utilizada. Há muitos casos de cães perdendo alguns dentes pelo envelhecimento. Isso dificulta e muito na hora da refeição.

Um cuidado importante que você pode ter com seu cachorro é implementar um ajuste de altura na vasilha de alimentação. Dessa maneira ele não força o seu pescoço para baixo ao comer, pois comer leva um tempo, o que pode causar algumas sequelas no futuro por ele ficar na mesma posição.

Outra coisa que é essencial o cuidado devido, é o peso de seu animal, não basta oferecer uma alimentação macia e saborosa, ela tem de ser equilibrada e controlada. A obesidade canina em qualquer idade é um perigo iminente na saúde, mas em cachorros idosos, é pior ainda.

Além de uma ração macia, é importante saber quando começar a usar a alimentação para cães da terceira idade. Acompanhe:

Idade certa para começar a ração específica para cães idosos

Mesmo que seja variável para cada cão é sempre bom ter uma noção de quando pode começar a terceira idade de um cachorro, pois é a idade certa para começar com a ração para cachorro idoso.

Para raças grandes, a idade sênior começa em média aos 8 anos, você perceberá o processo de envelhecimento do cão idoso a partir de sua movimentação, é fundamental ter atenção nos cães quando estiverem chegando próximo aos 10 anos, para saber de forma exata, é importante consultar o veterinário.

Os cachorros de menor porte tendem a ter uma vida mais longa, por isso para ter uma certeza de que seu cão chegou a essa fase da vida, visite um veterinário.

As mudanças de vida do cachorro idoso são mudanças que se parecem com a que nós humanos temos quando chegamos à terceira idade, uma delas são:

  • pelos grisalhos
  • indisposição
  • muitas horas de sono.

Então é nessa idade, próximo aos 10 anos, que você pode pensar em inserir a ração para cachorros sênior, com isso seu cão terá uma passagem da vida adulta para a vida de um idoso bem melhor.

Como mudar a ração do seu cachorro?

A mudança para ração para cachorro idoso é uma situação a ser feita de forma gradual, diferente dos humanos, os animais estão acostumados a se alimentarem com a mesma refeição todos os dias, e por terem um estômago muito sensível, é necessária uma mudança cautelosa no que eles comem.

Certifique-se sempre de que a ração ou alimentação natural que você está servindo ao seu cachorro seja a que fornece todos os nutrientes que ele precisa. Por isso leve-o ao veterinário pelo menos de 3 em 3 meses.

Dessa maneira você terá um controle muito melhor sobre a saúde do seu melhor amigo. São nesses casos que se descobrem e evita-se a maioria das doenças, sejam elas comuns ou degenerativas, cuidarmos de quem amamos nunca é demais, não é?

Um período de 1 semana para trocar a ração antiga da nova deve ser suficiente para a adaptação da nova refeição, para isso, coloque uma pequena porção e misture as rações no primeiro dia, e vá aumentando ao longo da semana, até que tenha somente a ração para cachorro idoso, assim ele não terá nenhuma reação desagradável.

Verifique como estão as fezes dele, para garantir que ele esteja se adaptando a nova refeição, se estiver seca e com pouco cheiro, está ótimo.

Agora que entendemos como mudar a refeição de um pet sem alguma complicação. Descubra alguns cuidados que se deve ter com cães em terceira idade. Confira:

Cuidados com o cachorro idoso

Além de usar ração para cachorro idoso, você precisa tomar outros cuidados para o bem-estar do seu amigo.

O tempo passa para todos, o mundo e as pessoas envelhecem, com os cães não são diferente. Porém, eles precisam de cuidados especiais, afinal um cachorro é um dependente de seu tutor, então vamos ver alguns cuidados que são fundamentais para ter com eles.

  • Passeie: o melhor a se fazer para evitar problemas de saúde em um cachorro, é que você passeie com ele. Isso vai prevenir que o cão tenha obesidade, tédio e fique sem musculatura.
  • Alimentação: o processo de envelhecimento do cachorro requer uma nova dieta, com isso é importante que você mude sua alimentação nessa fase da vida. Ração macia e com mais nutrientes é fundamental para a saúde do seu cão, procure ração para cachorro idoso e petiscos naturais.
  • Convivência: o cachorro tem emoções parecidas com a de um ser humano, com isso eles são dependentes de interações com outros cães e seus tutores, é sempre importante dar muita atenção para eles, evitando assim que sofram com solidão e depressão.
  • Insuficiência renal: infelizmente ao envelhecerem, nossos amigos de quatro patas sofrem, por exemplo, o rim é um dos órgãos que não funciona tão bem como antes.

Então, se notar que seu pet está sem apetite e bebendo pouca água, leve-o ao veterinário, ele pode estar sofrendo para se alimentar e se hidratar.

  • Paciência: ele vai ter a mesma animação que antes, entenda que o cão idoso não vai correr e pular como antes, tenha calma com ele e paciência.

Proporcione para seu cão mais velho uma melhor qualidade de vida, afinal ele vai ter necessidades nutricionais e ritmos diferentes de um filhote ou um cão adulto, nesse ponto a ração para cachorro idoso irá ajudar bastante.

Com esses cuidados, você aumentará as expectativas de vida dele e poderá passar mais tempo com o seu cachorro, isso é o que mais importa, não é mesmo?

Consultar o veterinário é fundamental para os pets de qualquer idade, mas nessa fase da vida é ainda mais importante, o cão idoso tem mais problemas de saúde. É natural que ele precise passar mais vezes a uma médica veterinária.

Mas para saber se seu cão está chegando nessa fase da vida, veja como:

Principais sinais de que o seu cachorro já é um idoso

  • Grisalhos: sabia que os cães também ficam grisalhos? Sim, os pets ficam com seus começam a ter pelos brancos pelo corpo, normalmente em seu focinho que inicia a pelagem grisalha.
  • Mobilidade: de repente seu cão dorme mais do que brinca, ou parou de pular em você nas brincadeiras, até mesmo quando ele andando para lá e para cá de forma diferente e estranha, seu pet já não tem mais a mobilidade da juventude.
  • Audição: a audição do seu animal falha assim como a dos humanos, por mais que os cães tenham os sentidos mais aguçados, às vezes eles falham, afinal está ficando mais velho. Então se não responder ao seu chamado como antes, sua terceira idade chegou.
  • Mudança em seu caráter: se notar que seu cachorro deixou de ser aquele animal agitado e brincalhão e passar a ser calmo e preguiçoso, é devido a sua velhice.

A principal dica que você deve seguir é a de prestar muita atenção em seu cão, ele estará ainda mais dependente de você, então cuide de quem você ama, para aumentar as expectativas de vida dele.

Por que usar uma ração sênior?

Um cão quando chega a terceira idade precisa de mais nutrientes e exercícios para não diminuir suas expectativas de vida, sendo assim é fundamental que sua alimentação seja adequada a suas necessidades nutricionais.

Há várias mudanças que os cães sofrem ao envelhecerem, a primeira mudança é em sua alimentação, pois ele sofre com os dentes desgastados. Se perde um dente por causa da ração, ele vai sofrer para comer, por vezes vai até evitar de se alimentar.

A ração para cachorro idoso é mais aerada do que as rações para adultos, proporcionando mais facilidade na mastigação do animal, para evitar a periodontite, que é uma doença comum entre os cães nessa fase da vida, é uma infecção na gengiva e ossos que sustentam os dentes.

A ração para cachorro idoso é mais adequada pelo fato de ela não ter muitas calorias, como um cão idoso não se exercita tanto quanto um mais novo, ele não pode comer tantas calorias.

E é fundamental o uso da ração para cachorro idoso pelo fato de ela ter substâncias antioxidantes, pois previne doenças do coração e diversos tipos de câncer, além disso, há presença de glucosamina que melhora as articulações nos ossos do seu pet.

A ração sênior deve ser indicada por um médico veterinário, ele irá avaliar a quantidade da refeição, o tipo e a marca específica para você oferecer ao seu melhor amigo.

Sabia que nossos petiscos são para qualquer idade dos amigos de quatro patas? Se quer agradar seu cão com algo que vai deixar ele muito feliz, o petisco John’s Farms é o ideal.

4 Doenças que podem ser evitadas com ração para cachorro idoso

Ao usar uma ração para cachorro idoso, você evita diversas doenças no seu pet, neste artigo, vamos listar 4 doenças que serão prevenidas com o uso de uma ração adequada para a terceira idade.

  1. Periodontite: como já dito, a periodontite é uma bactéria que ataca a gengiva e os ossos da mandíbula, tanto de cachorros, como de humanos. Além de consultar o veterinário, você precisa trocar para uma ração macia, que é a sênior.
  2. Obesidade: um cão idoso já não se exercita como antes, então ele come e não gasta as calorias ingeridas, por isso é fundamental que você forneça uma alimentação equilibrada em calorias e nutrientes e passeie com ele.
  3. Problemas cardíacos: uma doença bem recorrente e que atinge os cães na terceira idade, os problemas cardíacos podem ser evitados com uma boa alimentação e exercícios nessa fase da vida, consultar o veterinário de maneira rotineira é fundamental para a saúde do seu cão idoso.
  4. Artrite: recorrente nessa idade, a artrite atinge as cartilagens nos ossos dos cachorros, porém uma alimentação adequada para os pets mais velhos, é suficiente para retardar o processo de envelhecimento dos ossos.

Essas 4 doenças são comuns em animais dessa idade, e podem ser evitadas ou ao menos terem seus efeitos desacelerados.

Com os efeitos da periodontite, muitos cães perdem seus dentes na terceira idade, e se eles ficarem sem dentes, como conseguirá comer? Abaixo colocamos algumas soluções para isso. Veja:

Como dar ração para cachorro idoso sem dente

O processo de envelhecimento de um cachorro pode chegar até os dentes dele, porém o maior problema são os dentes apodrecidos, a dor no dente é pior que estar sem dentes.

Isso porque os cães podem amaciar a ração com a saliva e engoli-las sem problemas, mas a dor de dente é constante e incomoda muito o seu pet.

Por isso é importante fazer consultas regulares quando o cão tem idade avançada, lá ele o médico irá usar anestesia para extrair o dente podre ou uma limpeza.

É fundamental prestar atenção em seu animal para que você saiba o que acontece com ele, assim você vai notar se ele está comendo direito e sem dores, se está com apetite sobre a dieta que está sendo oferecida.

Há duas maneiras de amolecer a ração que você oferece para seu cachorro. Confira:

  1. Com água: esquente um pouco de água e coloque por 5 minutos na vasilha com a ração, o alimento amolece e fica mais fácil de o cão mastigar.
  2. Com patês: tem diversos tipos de patês para cães que você pode fazer uma mistura para seu cachorro, além de mais apetitoso para ele, a ração se amolece junto ao patê.

Porém, outra técnica muito boa é a de fazer uma alimentação específica para seu cão como uma pasta, colocando os nutrientes que ele precisa dentro de um liquidificador com um pouco de água e bater, essa receita é atrativa para a mandíbula de seu cachorro, assim como para seu paladar.

Um indicativo que você pode notar se o seu cachorro está com algum dente podre ou qualquer problema na saúde bucal, é o mau hálito.

Ou até mesmo na hora da brincadeira, você pode ver se os dentes dele estão amarelados, consulte um especialista para avaliar se o seu cachorro está com problemas nos dentes.

Antes de oferecer qualquer comida caseira, é necessário que o cachorro passe por uma avaliação para ver se ele está apto a receber esse tipo de alimentação, se aprovado, você pode fazer diversas porções e congelá-las, quando for oferecer, descongele e ofereça a pasta.

Muitas vezes o cão gosta de uma comida gelada, pois isso vai refrescar seu corpo. Para começar uma dieta natural, vise sempre começar aos poucos, para que seu pet se adapte a sua nova alimentação.

A alimentação natural é recomendada para todos os cachorros, é mais saborosa e menos enjoativa para seu cachorro, pois há variedade em seu cardápio. Ao invés de comer a mesma ração todos os dias.

Porém, se você não tiver tempo ou preferir as rações por alguma razão. Adapte seu cachorro com a ração adequada a sua idade, é por isso que se o seu cachorro estiver na terceira idade, use a ração para cachorro idoso. Ela é macia, ajuda na prevenção de doenças e possui todos os nutrientes necessários para seu cão.

Use os comentários abaixo para você nos dizer como seu cão se comporta ou se comportou a partir do uso da ração para cachorro idoso.


Comentarios

ração cachorro idoso cachorro idoso cão idoso comida para cachorro idoso

Se você se interessou por Ração para cachorro idoso: o que é e porquê usar, você vai gostar de ver:

Regiões onde a John's Farms Brasil atende Ração para cachorro idoso: o que é e porquê usar:


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque