Nosso e-mail comercial@johnsfarms.com.br
Contate-nos pelo telefone +55 (11) 4620-9150

Câncer de próstata em cachorro: o que é, o que fazer

O câncer de próstata em cachorro é algo que não imaginamos, porém os animais também podem ter a doença e sofrer tanto quanto os humanos, uma excelente maneira de prevenir é a castração.

No entanto, não é simples assim. O câncer de próstata em cachorro é muito complicado e surgem muitas dúvidas sobre isso.

  • O câncer de próstata em cachorro é comum?
  • Com quantos anos o cachorro é diagnosticado geralmente?
  • Quais os sintomas?
  • Se ele for diagnosticado, quais os tratamentos?
  • Quais as precauções a serem tomadas?

Essas e outras dúvidas, iremos responder ao longo deste artigo, que tem em média 10 minutos de leitura. Para não ficar cansativo, dividimos em partes para você ter a melhor experiência possível, acompanhe:

  1. O que é o câncer de próstata?
  2. Diagnóstico do câncer de próstata em cachorro
  3. Sintomas da doença
  4. Quais as prevenções a se fazer?
  5. Tratamentos
  6. Conclusão

O que é o câncer de próstata?

Para entendermos o que é o câncer de próstata em cachorro, é necessário saber o que é um câncer primeiro. O câncer é uma aglomeração de células que fazem mau a nosso corpo, conforme elas vão se reproduzindo e agredindo nosso organismo, formam-se os tumores.

Os tumores são o conjunto de células cancerígenas que causam danos ao organismo. As células formam tudo o que existe em nosso corpo, desde o sangue até a pele. Elas nascem, cumprem as funções determinadas pelo nosso organismo e assim, morrem.

Porém, por alguma razão elas deixam de morrer e a defesa de nosso sistema não percebe, causando assim o surgimento das células cancerígenas.

Agora que sabemos o que é a origem do câncer, precisamos entender o câncer de próstata, descubra:

A maior parte dos cânceres são nos órgãos, portanto a próstata não foge disso. A próstata está presente somente no sexo masculino dos animais, tanto em humanos como em cachorros, dessa forma o câncer é gerado por um excesso de criação do hormônio testosterona.

Com a acumulação dessas células, a próstata ficará inchada, sendo assim o primeiro sintoma para diagnosticar um câncer de próstata em cachorro. Porém, essa luxação só será percebida se passar a mão pela região, como os cães são peludos, dificilmente será visível esse problema.

Portanto, se sentir algo anormal ao fazer carinho em seu pet, leve-o para um diagnóstico ao médico veterinário e relate o que acontece, será a melhor forma de prevenir algo grave. O câncer pode ter grandes chances de cura se a descoberta for o mais cedo possível.

Uma das dúvidas que mais surgem é a partir de qual idade um cachorro pode desenvolver um câncer de próstata, assim como os homens, os cachorros podem desenvolver o câncer na próstata no fim da fase adulta.

Os casos têm registros a partir dos 6 anos de idade do cachorro, então a prevenção deve ter início nessa mesma idade. Fique atento e leve seu pet a um veterinário por precaução nesse período da vida dele.

Para saber mais sobre o câncer de próstata em cachorro, precisamos entender os diagnósticos dele, concorda? Vamos saber sobre isso a seguir.

Diagnóstico do câncer de próstata em cachorro

O câncer de próstata em cachorro é um problema que acontece em cães idosos, como dissemos. Conforme a idade do animal avança, diversas complicações em seu organismo vão surgindo.

Por isso que com um cachorro na terceira idade deve-se ter mais cuidados, além disso, os check-ups que devem ser feitos anualmente, o ideal é que passe a ser semestral, para evitar surpresas e ter diagnósticos mais precisos.

Um exemplo de cuidado e preservação da saúde de um pet, é a médica Regina Helena Mineto, ela é tutora de um cachorro com 20 anos de idade, o Tommy. Ele foi diagnosticado com câncer de próstata aos 18 anos:

“Dois anos atrás, o Tommy começou a ter fezes com sangue, eu me assustei logo na primeira vez, levei ele ao veterinário e após muitos exames, ele foi diagnosticado com câncer de próstata. Depois disso foi feito a remoção do tumor e hoje ele está bem”.

O câncer de próstata em cachorro é grave, porém não se desespere, afinal, é algo que pode ser tratado e curado. O mais importante é passar tranquilidade ao seu pet e tratar ele com todo carinho que você pode oferecer.

Portanto, é essencial que as medidas preventivas sejam um hábito, ou seja, exames de rotina, uma dieta saudável com petiscos e alimentos naturais, entre outras indicações que seu veterinário pode fazer.

A estimativa é de que 4% dos cães sofram com o câncer de próstata, a estatística parece pequena, mas é uma doença que afeta muito o animal e ataca de forma bruta o seu organismo, todo o cuidado é pouco para com os cachorros, eles são dependentes de seus tutores. É por isso que tal responsabilidade deve ser levada muito a sério.

Os diagnósticos podem detectar diversos sintomas, porém você sabe quais são estes sintomas? Descubra abaixo:

Sintomas da doença

Os sintomas do câncer de próstata em cachorro são bem parecidos com os dos humanos. Alguns desses sintomas são muito perceptíveis, por exemplo:

  • Urinar e defecar: normalmente esses são um dos primeiros sintomas, já que são necessidades diárias, os animais têm muita dificuldade em urinar e defecar, por ter essa complicação, os cães podem querer evitar essas atividades. Note quantas vezes ele costuma ir ao “banheiro” e pergunte ao veterinário se é normal essa taxa de regularidade.

O câncer de próstata em cachorro causa o aumento da quantidade e das vezes que o cão urina, por mais que isso machuque, a necessidade é tanta que pode sair pus ou até sangue de seu pênis.

  • Sangue: o sangue pode ser encontrado na urina, ou saindo pelo pênis mesmo. Isso é um sinal claro de câncer de próstata em cachorro, pela próstata ser uma glândula sexual, os sintomas mais evidentes vão ser apresentados pelo órgão sexual do cão.
  • Infecção urinária: a dificuldade em urinar pode estar ligada a uma infecção urinária, que é causada pela falta de limpeza no corpo do animal ou em seu ambiente de convívio, é por isso que para manter uma boa saúde para seu pet, a limpeza é fundamental.

Estes são os mais visíveis para o tutor, por serem os primeiros sintomas, é importante levar o pet imediatamente para um hospital veterinário, ou visitar uma médica veterinária para que o diagnóstico precoce seja feito e quanto antes for detectado o câncer de próstata, mais chance de cura o animal terá.

O câncer de próstata em cachorro têm outros sintomas, porém eles não são fáceis de serem notados, por isso recomendamos que sejam feitos exames e consultas em um curto espaço de tempo. Afinal, a saúde do melhor amigo do homem é a prioridade, não é mesmo?

Os sintomas mais graves são:

  • Aumento da próstata: a próstata é uma glândula sexual e um órgão que faz parte da reprodução do animal, ela armazena o esperma do cachorro, além de produzir uma certa taxa de testosterona. Por isso ela pode sofre um inchaço devido o câncer de próstata estar afetando ela.
  • Falta de apetite: a perda do apetite se transforma em um emagrecimento inadequado do cachorro, por ele sofrer uma grande perda de nutrientes. Além disso, podem causar uma tristeza e depressão no animal, por conta de a refeição ser uma parte feliz na vida do pet.
  • Perda de mobilidade: a falta de mobilidade no cão causa um transtorno e desconforto para ele que não podemos imaginar, o cachorro fica debilitado e com movimentos interrompidos pelo tanto de dor que ele sente.

Estes sintomas podem indicar já uma progressão da doença, se o estágio avançar, será muito mais difícil de lutar contra isso e ela só irá se espalhar com mais velocidade e agredir o organismo do seu pet.

O toque retal faz parte do diagnóstico, então não se preocupe com esse procedimento, o processo é feito por um especialista e com todos os equipamentos corretos para não incomodar o animal, para ajudar seu cão nessa batalha contra o câncer será necessário todo tipo de ajuda, concorda?

É por isso que podemos ajudar o animal com certas prevenções, você sabe quais são? Confira:

Quais as prevenções a se fazer?

Os tutores podem ajudar e muito na luta contra o câncer de próstata em cachorro, por isso que você deve conhecer quais prevenções podem ser feitas para ajudar seu melhor amigo de quatro patas.

A primeira é a que dissemos durante o texto, fazer exames de rotina. Isso é tão essencial quanto as refeições do cachorro, pois são por meio desses exames que se descobre precocemente qualquer tipo de doença, para que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível.

A doença é perigosa, mas há combates simples que você pode oferecer ao animal, como a alimentação natural, isso ajuda na nutrição e na saúde do cachorro. Mel, legumes, frutas e muitos outros alimentos oferecem uma qualidade de vida para que o cão não sofra de nenhuma infecção ou doença que afete seu organismo.

A principal forma de você prevenir o câncer de próstata em cachorro é com a castração como dissemos no início do texto, isso é por conta dos níveis de testosterona baixam, a incidência do câncer de próstata diminui cerca de 90%.

Existem alguns mitos sobre a castração, veja se você se identifica com algum:

“Castração acalma o animal”

Isso é um mito bem comum, mas o cachorro não muda de comportamento com a castração, esse procedimento não altera sua personalidade, somente o torna não reprodutivo.

“Com a castração o cachorro não cruza mais”

Engana-se quem pensa assim, se um cão encontrar uma fêmea no cio ele irá cruzar da mesma forma, ficarão “grudados”, porém a diferença é que não vão se reproduzir.

“Um cachorro castrado urina menos e late menos também”

Um outro mito que é bem comum, porém isso não é verdade, um cachorro castrado ou não, fará a mesma quantidade de urina e vai latir da mesma forma, então não adianta castrar um animal que tem esse comportamento, se quer alterar seus comportamentos ruins, você deve adestra-lo.

“A castração evita doenças”

Sim, esse é o principal benefício da castração, principalmente envolvendo os cânceres, sejam eles de próstata ou nos testículos do animal, para saber mais sobre a castração e tirar todas as suas dúvidas, confira este artigo.

Como pudemos ver, não é somente o câncer de próstata em cachorro que pode ser inibido pela castração, mas também o câncer no testículo, você sabe identificar suas diferenças? Descubra abaixo.

Câncer de próstata ou câncer nos testículos: quais as diferenças?

O câncer de próstata em cachorro pode ser identificado por meio das fezes, urina ou pelo gotejamento de pus, ou sangue vindo do pênis do animal. Porém, há outro câncer mais comum do que o de próstata, que é o câncer nos testículos.

Ele pode afetar a reprodução do animal, diminuir a quantidade de urina, que é o contrário do câncer de próstata, além disso, feridas no saco escrotal do cachorro é mais um sintoma desse câncer.

O câncer de testículo é a doença mais recorrente entre os cães, dentro da categoria desse tipo de doença, por ser em uma região próxima do câncer de próstata, os sintomas podem ser semelhantes.

E então, são por essas semelhanças que o diagnóstico precoce é crucial, tanto na identificação do tipo de câncer, quanto na inicialização dos tratamentos para evitar um espalhamento do vírus.

Tratamentos da doença

O câncer de próstata em cachorro é uma doença que atinge vários pontos do corpo, não só na genitália do animal, mas como em seu órgão excretor também, parar a evolução dos sintomas é essencial no início do alastramento da doença.

Há alguns tratamentos a serem feitos para curar o animal, você conhece os procedimentos e exames a serem feitos? Veja:

  • Quimioterapia: os nossos amigos de quatro patas não sofrem como nós, por isso eles não sofrem tanto de efeitos colaterais, um exemplo disso é de eles não perderem os pelos, como os nós humanos. Esse tratamento ajuda muito na diminuição do tumor, por isso auxilia muito na cura.
  • Medicação correta: o câncer de próstata é uma doença muito grave, portanto não pode se descuidar nem um pouco com os horários dos medicamentos, além disso, utilizar mel e ervas, como erva-doce, hortelã, entre outras, podem aliviar as dores que o cachorro sente.
  • Laxante: acredite, isso ajuda muito. O câncer de próstata em cachorro costuma causar dificuldade em defecar para o animal, por isso é importante usar um laxante em sua refeição, para que ele possa se aliviar tranquilamente, sem haver maiores danos.
  • Castração: este é o primeiro passo a ser tomado, isso já ajudará a diminuir o tumor, além disso, ele pode passar por uma retirada da próstata, isso não afetará sua saúde em nada.

Esses tratamentos vão ajudar muito o cachorro a passar por essa dificuldade, não é uma luta fácil, afinal, é um câncer. Lembrando que todo cuidado é pouco com o cachorro.

Para entrar em mais detalhes, a quimioterapia é um tratamento à base de medicamentos que são injetados pela veia do paciente, eles atacam diretamente as células cancerígenas que falamos no início do texto, tentando assim diminuir o tumor para que ele possa ficar de um tamanho suficiente para ser retirado em uma cirurgia.

Porém, os medicamentos podem ser ingeridos via oral também, eles servem para auxiliar o tratamento da quimioterapia. Por haver diversos tipos de tumores, benignos ou malignos, os remédios e tratamentos se modificam, então não é uma regra que o seu cão receberá essas medicações.

Consulte um veterinário para saber mais sobre a doença, os tipos de tratamento e quais serão os procedimentos a serem seguidos a partir do descobrimento do câncer de próstata em cachorro.

Dessa forma, nós entendemos um pouco mais sobre os procedimentos, tratamentos e sintomas do câncer de próstata em cachorro, vamos então a conclusão do artigo.

Conclusão

Concluímos então dessa maneira o artigo e a principal indicação que fica é: castre seu melhor amigo de quatro patas, para que ele possa ter qualidade de vida, além de duradoura.

Além disso, é fundamental estar atento aos sinais que o cachorro demonstra com os efeitos da doença. Porém, se os sintomas forem os mesmos, não se desespere, há diversas doenças comuns nos cachorros que possuem estes sintomas citados.

Mas nem só de idas ao veterinário que se faz a prevenção de doenças e cânceres, a felicidade do seu cão é fundamental para ele pode sobressair de algo grave e não sofrer de depressão, que é um risco também.

Por isso que recomendamos os petiscos da John’s Farms, eles complementam a nutrição de seu cachorro, além de poder variar suas refeições, oferecendo um aperitivo delicioso que ele vai gostar muito.

Busque já onde tem os petiscos John’s Farms mais perto de você, verifique aqui.


Comentarios

câncer de próstata em cachorro câncer em cachorro cachorro cachorro doente doenças

Se você se interessou por Câncer de próstata em cachorro: o que é, o que fazer, você vai gostar de ver:

Regiões onde a John's Farms Brasil atende Câncer de próstata em cachorro: o que é, o que fazer:


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque