A modalidade de petshop online se tornou uma solução inteligente em tempos de lockdown, onde os comércios tiveram que fechar as portas e as pessoas não puderam sair de casa para comprar ração, remédios, biscoito para cachorro etc.

PetShop Online: uma nova realidade rentável

A nova realidade do Pet Shop

Afinal, os pets, apesar das medidas sanitárias, continuaram com suas necessidades e o tutor precisava de uma solução para manter seus hábitos de consumo. É claro que já existiam casas de rações que comercializavam comida canina, remédios e utensílios online. Mas a situação acelerou e praticamente obrigou alguns empreendedores a digitalizar rapidamente o negócio para evitar prejuízos inaugurando uma nova realidade rapidamente.

O petshop online faz parte dessa nova realidade porque mesmo que os serviços veterinários e de nutrição animal tenham sido considerados serviços essenciais pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), muitas pessoas optaram por não sair de casa para evitar as chances de contágio e garantir maior segurança para família.

Então, a solução mais viável foi se adaptar às modalidades de compras online. Mesmo consumidores que não compravam pela internet começaram a fazer isso. Logo, você que é empreendedor deve colocar seu petshop online oferecendo uma opção segura para o cliente.

Além disso, essa realidade tende a ficar. Isso é muito bom porque permitirá a você alcançar bons rendimentos.

Por isso, ao longo deste texto você terá a oportunidade de verificar como a venda de comida, remédios e itens para pets pela internet é uma ótima oportunidade de negócio. Acompanhe.

Por que ter um petshop online?

Ter um petshop online foi e é uma atitude bem inteligente para o empreendedor, mas para além de se adaptar aos tempos de pandemia, também deve-se considerar as vantagens de negócio.

Segundo o portal E-commerce Brasil, mais de 60% dos consumidores aumentaram a quantidade de compras online durante o período da pandemia. São números significativos que não devem ser ignorados por quem deseja aumentar sua participação no mercado e melhorar o faturamento.

Ignorar essa nova realidade é perder dinheiro, o mesmo aconteceu com a popularização dos cartões, lembra? Poucos estabelecimentos aceitavam a então nova modalidade de pagamento, até porque poucos consumidores tinham. Mas a partir do momento em que a maioria das pessoas começaram a ter cartão foi preciso dar essa opção ao consumidor para não perder vendas.

Hoje se um petshop não oferecer opção de pagamento em cartão, ele perderá muitas vendas. É preciso oferecer comodidade ao cliente, lembre-se disso. Agora, a modalidade que surge com números expressivos é o de compras online que já era uma realidade, mas poucas lojas se preocupavam com isso.

Não dá mais para ignorar: você precisa de um petshop online para não perder vendas. A maioria dos brasileiros, cerca de 74% das pessoas acima de 10 anos, têm acesso à internet. Por isso mesmo os investimentos darão resultado a longo prazo.

O petshop online será rentável após a pandemia?

O petshop online tem tudo para dar certo, pensam a favor os novos comportamentos de compras dos consumidores: as vendas online no primeiro semestre de 2020 foram maiores que nos últimos 20 anos, isso significa 38,8 bilhões de reais. A comodidade em receber o produto em casa, a segurança da transação financeira direto pelo site e o amplo acesso à internet.

Só que essa nova realidade veio para ficar, então investir em uma estrutura para vender online, seja em um site próprio ou vendendo em marketplace: sites de outras empresas como o da Amazon, dará a você uma oportunidade de garantir participação nesse mercado bilionário.

Essa afirmação não é à toa, uma pesquisa da Opinion Box revelou que 64% das pessoas que compram online querem continuar comprando pela internet mesmo após o fim da pandemia. Ou seja, o mercado se manterá aquecido e você deve aproveitar isso para crescer sua empresa, expandir seus ganhos e até alcançar novos clientes. Então, para ajudar você, preparamos algumas dicas, veja.

Como começar com um petshop online

Você já viu o quanto é importante ter um petshop online, essa é uma nova realidade rentável que veio para ficar e você não deve ficar fora dessa. Mas como iniciar? Já aviso que não é nada complicado. É claro, se você tem limitações ao mexer na internet talvez precise de alguém para ajudar e acompanhar todo o processo.

Você pode escolher entre duas opções para começar com seu petshop online:

  1. contratar uma agência de marketing digital ou de TI para criação de site personalizado para o seu negócio. Isso é bom, pois dará uma boa autoridade a sua marca e o investimento é bem em conta.
  2. vender seus produtos em site de outra empresa como Mercado Livre e Amazon. Nessa opção você aproveita os clientes que já usam os sites e buscam itens que são oferecidos por você, mas você paga uma taxa.

Pegue essas dicas e faça a melhor escolha para começar seu petshop online, participe dessa nova realidade rentável para o mercado de pets. Outra opção que você pode fazer é trabalhar tanto com um site próprio como com anúncios em outros sites.

Para finalizar, preparamos um e-book especial para você começar a vender na Amazon, clique aqui baixe e entre já no mundo do e-commerce sem complicação.