Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!
Maykon M. Martins

Escrito por Maykon M. Martins em 19 de novembro de 2019

Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!

Osso para cachorro: natural ou não?

O osso para cachorro é um excelente passatempo e um brinquedo que ocupa por muito tempo o nosso amigo de quatro patas, se eles têm algum sabor, eles gostam ainda mais e ficam por horas mastigando o presentinho.

A dúvida que os tutores têm é se devem usar um osso natural ou não, de borracha ou comestível. Os ossos levantam muitas dúvidas, porém são os brinquedos favoritos de muitos cães.

Há benefícios e também alguns mitos sobre oferecer ossos ao cachorro, saiba mais sobre isso neste artigo. Acompanhe:

  • Benefícios do osso para cachorro
  • Mitos sobre o osso para cachorro
  • Ossos de couro
  • Sinais que seu cão pode ter engolido um osso
  • Por que brinquedos de roer são importantes?
  • Os melhores tipos de ossos para cachorro
  • Tamanho ideal do osso para cachorro

3 Benefícios do osso para cachorro

O osso para cachorro oferece 3 benefícios ao cão enquanto ele rói. Além disso, os ossos podem ser a salvação de suas coisas caso seu cachorro coma chinelos e sapatos, afinal, eles precisam se distrair com algo, não é mesmo? Veja os benefícios:

  1. Ossos naturais: estes ossos são feitos de vegetais, então fazem parte de uma alimentação natural para cães.
  2. Distração: o tédio é presente dentro da gama de emoções de um cachorro, então brincar com ele é fundamental, porém nem sempre temos tempo para eles. Com isso podemos distrair eles com um belo ossinho natural, ou de plástico.
  3. Limpa os dentes: alguns ossos têm em sua composição, uma substância que ajuda a limpar os dentes do cachorro, evitando o mau hálito. Isso não irá fazer mal ao cachorro.

Mesmo tendo excelentes benefícios para o bem-estar do seu cachorro, é importante que o tutor troque o osso com uma certa frequência, isso evita bactérias e também que o cachorro perfure e corte alguns pedaços para engoli-los.

Os ossos são tradicionalmente ligados aos cachorros, porém vemos que é associado aos ossos vindos diretos das refeições de carnes vermelhas e brancas.

Mas esses ossos não fazem bem para o cão, pois tem gorduras que podem fazer mal ao seu pet, ele pode vomitar, ter fezes com sangue se engolir algum pedaço do osso.

Porém, há alguns mitos sobre o osso para cachorro natural ou não, vamos desvendar eles? Observe:

Mitos sobre o osso para cachorro

Osso para cachorro é uma tradição que está na história dos cães quando foram domesticados pelos humanos, animações nos programas de televisão e até em filmes de cachorros clássicos.

Por ser um brinquedo oferecido aos cachorros há muito tempo, criou-se alguns mitos sobre o osso para cachorro, algumas coisas são verdades e outras não. Descubra:

“Cozinhar o osso ajuda na mastigação do cachorro”

Isso é um mito que muitas pessoas acham que ajudam ao cão a mastigar o osso, mas isso, na verdade, prejudica o seu cachorro.

Os ossos cozidos ficam mais duros, os ossos para cachorro devem ser oferecidos sempre crus, e não podem vir de carnes vermelhas ou brancas, por isso a recomendação dos ossos vegetais.

“Cachorro não passa mal comendo osso”

Este é um mito comum de as pessoas pensarem, mas como dissemos, há alguns riscos que você não pode deixar passar, tem dois tipos de ossos que não se deve dar ao cachorro é o osso vindo das carnes vermelhas e brancas, além do osso de couro, por vezes vendidos em pet shop, não compre para seu cachorro, pois eles podem sofrer diversas consequências ruins, trataremos sobre elas mais abaixo.

“Os cachorros amam ossos”

Isso é inegável, todos os cães adoram roer, um osso então é a melhor brincadeira para eles, passam horas e horas roendo o osso que seu tutor oferecer, o importante é que seu tutor ofereça o osso adequado para ele.

“Cachorro não pega verme com o osso”

Se for um osso para cachorro adequado, como o osso de vegetal, ou o osso de plástico, eles não pegarão vermes, porém ainda assim é necessário que troque o osso.

O recomendado é de que o osso para cachorro seja trocado pelo menos uma vez ao mês, isso se o osso durar até lá, já que os pets amam esse brinquedo.

Estes são alguns mitos e verdades que se têm sobre o osso para cachorro, se for um osso adaptado para o cão, este pode ser um dos maiores aliados do tutor, pois eles irão parar de roer seus chinelos ou sapatos, ou até móveis.

Como já citamos o osso de couro no texto, vamos falar sobre ele e mostrar porque não se deve oferecer um osso feito de couro ao seu amigo de quatro patas. Veja:

Ossos de couro, não

Os ossos de couro são uma via de mão dupla, apesar de os cães adorarem, ele não faz bem para o pet. A contraindicação se dá pelo fato de os ossos de couro serem fabricados com várias substâncias tóxicas.

Alguns exemplos dessas substâncias tóxicas são:

  • soda cáustica
  • aditivos sintéticos
  • arsênico
  • formaldeído

Esses aditivos servem para dar cor ao produto e derreter conforme o cão for comendo, entre outros resultados que essas substâncias causam ao osso. Isso pode causar doenças estomacais e até mesmo fazer o cachorro desenvolver um câncer.

Dá para perceber que esse osso não é saudável, o fato de a textura dele ficar gelatinosa conforme o cachorro mastiga é algo que se percebe facilmente, isso pode causar diarreia ou até mesmo prisão de ventre.

A composição dos ossos de couro acabam com o estômago do cachorro, é fundamental reparar nas fezes do cachorro, não é agradável, mas é um mal necessário para cuidar bem de seu melhor amigo.

Se ver sangue ou algo diferente na composição das fezes, consulte um veterinário e pare de oferecer os ossos de couro.

Os nossos petiscos estão livres de qualquer composição tóxica, fazem bem ao seu pet e ainda os deixam muito felizes, por ser muito saboroso.

Sinais que seu cão pode ter engolido um osso

Para cuidar de nossos pets e oferecer uma expectativa de vida longa para seu querido amigo, é fundamental que você o observe o tempo que puder.

Observe seus passos, sua corrida, suas fezes, alimentação e muito mais. Esteja atento a tudo que ele faz, come e brinca.

Com essa dica em mente, saiba alguns sinais que você pode perceber que seu cão engoliu um pedaço de osso. Confira:

  1. engasgado: se ele estiver tossindo muito, seu pet pode estar engasgado ou com algo raspando em sua garganta, é um caso de emergência, então leve-o imediatamente ao veterinário.
  2. vômito: seu cão está vomitando muito? Isso é um indício de que ele engoliu um osso, mas o problema é a gordura ou alguma substância do osso que está fazendo ele passar mal, por isso é importante observar seu cachorro.
  3. fezes: quando for recolher as fezes de seu animal, repare se há sangue em suas fezes ou até vermes, se houver, seu cachorro está com problemas no intestino, os cães têm estômagos sensíveis, por isso há necessidade de estar atento.
  4. sangue na boca: ao morder o osso, seu cão pode mastigar algumas lascas do osso para cachorro, com isso pode machucar a gengiva dele. Conforme isso vai acontecendo, pode causar periodontite.

Por isso, sempre siga a principal dica que podemos dar aqui, que é de estar de olho toda hora em seu pet, seja no andar dele, comportamento, como se alimenta e muito mais. Essa dica você já evitará 50% de possíveis problemas.

Além de manter a saúde de seu cão, o osso para cachorro também serve para distraí-los, já que seus tutores na maioria das vezes trabalham, é necessário que o animal tenha alguma distração durante o dia, caso contrário, os móveis e objetos ao alcance dele serão os alvos dos dentes deles.

Veja os motivos para se ter brinquedos de roer:

Por que brinquedos de roer são importantes?

Distrair um cão quando seu tutor está em casa é uma tarefa simples de se fazer, porém, quando o tutor está longe de casa, é complicado de fazer isso, já que o cachorro tem muitas opções para brincar. Por isso é importante entretê-lo com coisas que ele gosta muito de fazer.

Uma das atividades que os cachorros mais gostam é de roer, seja um osso para cachorro ou um simples pedaço de madeira.

Brinquedos de roer fazem mais sucesso com filhotes, mas não é uma regra, até mesmo cães idosos gostam de roer para manter seus dentes afiados ou limpos. Por exemplo: os ossos para cachorro, frisbee, bichos de pelúcia ou bolinhas.

Contribuindo com os cuidados dos móveis, chinelos e sapatos. Os brinquedos são ainda mais importantes para um cachorro solitário, se você tem apenas 1 pet em casa, é fundamental que ofereça a ele todo tipo de passatempo.

Os cachorros têm emoções parecidas com a dos humanos, por isso eles podem sofrer com a solidão e depressão, por não ter um companheiro para fazer as travessuras de um animal de estimação.

Essa ansiedade que os pets sentem, enquanto esperam seus tutores, pode ser saciada com um bom brinquedo de roer, o osso para cachorro é o mais recomendado e tradicional dentre eles.

Presente até mesmo em filmes e programas de desenhos animados, o osso para cachorro é reconhecido por veterinários como um excelente passatempo.

O Dr. Eduardo Braghirolli, conta alguns motivos do porquê de ter esses brinquedos:

“Fortalece a musculatura do crânio, alivia o estresse, além de estimular os instintos do cachorro. Porém, não devemos oferecer os ossos para cachorro quentes ou cozidos, isso pode provocar o surgimento de lascas nos ossos, machucando a gengiva do cão”

Há diversos tipos de osso para cachorro, descubra qual o melhor para seu pet. Acompanhe:

Os melhores tipos de ossos para cachorro

Já sabemos que os ossos de couro não devem ser oferecidos para os cachorros por conta das toxinas que compõem todo o material do corpo. Mas é importante saber quais são os melhores ossos de cachorros para seu cão brincar.

Roer é algo natural dos cães, nada melhor do que oferecer para eles algo bom, com o qual eles possam se distrair. Veja quais os tipos que mais correspondem essa vontade:

  • ossos vegetais: os ossos vegetais para cachorro é um dos melhores tipos de osso a serem oferecidos para eles, apesar de serem naturais, eles contam para as necessidades nutricionais de seu cachorro, por isso atente-se a quantidade oferecida.
  • ossos de plástico: uma boa maneira de distrair o seu pet é oferecer um osso para cachorro de plástico, é duradouro e sustenta a distração de seu pet por um tempo, porém tem de estar atento aos pedaços que seu cão engolir, tem de estar trocando o osso mensalmente pelo menos.
  • ossos de nylon: os ossos de nylon são os melhores para distrair seu cachorro, afinal eles duram mais e não provocam machucados nas gengivas por ser macio, é recomendado para qualquer idade dos cães, mas se você tem um cão idoso, esse é o melhor que você pode oferecer.

Por mais que seja o melhor tipo de osso, os ossos de nylon não oferecem o cálcio e as vitaminas que os ossos de vegetais ou até os petiscos disponibilizam na alimentação do seu cachorro.

Para que seu cão tenha a melhor distração e o melhor tipo de osso, consulte um veterinário, ele irá informar tamanho, tipo e mostrar os benefícios para a raça de seu pet.

Preparamos umas dicas que vão te ajudar a decidir o tamanho ideal para os ossos do seu cachorro, confira:

Tamanho ideal para ossos de cachorro

Apesar de ser um assunto pessoal para cada tutor, afinal cada cachorro tem seu tamanho, existem tamanhos ideais de osso para cachorro.

A intenção é que seja no mínimo 2 vezes o tamanho da boca do cachorro, isso evitará que ele tente engolir o brinquedo.

Compare o tamanho do osso para cachorro com seu pet, isso te dará uma proporção adequada em relação ao tamanho do brinquedo, isso serve para todos os tipos de distração que oferecer para seu cão.

Evite comprar os brinquedos que contenham guizo por dentro e seja feito de borracha, já que seu cachorro pode perfurar o plástico e engolir o que tem dentro do objeto. Atente-se a esse risco.

Verifique a embalagem

É importante que você se certifique das calorias ou da composição do produto que você está comprando para seu pet, a segurança e felicidade dele deve ser prioridade, tal como a saúde, não é mesmo?

A característica fundamental de um tutor é ser precavido, por isso o osso deve ser descartado quando ele começar a se decompor ou ter mais buracos do que o osso em si.

Não existe um tempo ideal para fazer esse descarte, mas é importante olhar como está o osso.

A proliferação de germes pode acontecer, já que o cachorro lambe muitas coisas, além de passear com seu brinquedo pela casa toda, se o osso para cachorro for recente, é ideal que seja lavado para evitar a aglomeração de germes.

Ossos crus

Os ossos crus para cachorro podem ser oferecidos, porém o cão deve ter uma alimentação natural, já que isso pode afetar a sua dieta de ração. Dessa maneira, os ossos crus que podem ser oferecidos são os da carne de boi. Só esses.

Pois, as carnes do boi possuem ossos grandes, para que ele não engula por acidente. E não devem ser cozidos, entregue para o cachorro de forma cru mesmo, mas limpe as peças, e não deixe que tenha gordura.

Não dê nenhum tipo de osso se o seu cachorro fez algum tipo de tratamento dentário, porque não dá para saber o quanto o dente dele está sensível, pergunte ao veterinário o tempo ideal para voltar a oferecer esse tipo de brinquedo.

Com essas dicas já dá para ter uma ideia do que oferecer para seu cão, com certeza seu pet vai ser mais feliz roendo um belo osso.

E então, seu cão costuma comer ossos para cachorro? Conte para a gente nos comentários. A felicidade do seu pet deve aumentar quando oferecer um dos brinquedos mais famosos de cachorro para ele.