newsletter

Quer receber mais dicas para fazer seu PetShop crescer em momentos de crise?

Preencha os dados abaixo para receber nossos últimos artigos em seu E-mail

Maykon M. Martins

Escrito por Maykon M. Martins em 22 de novembro de 2019

Como escovar os dentes do cachorro

Escovar os dentes do cachorro é uma tarefa que dará algum trabalho para o tutor, os cães tendem a ser teimosos e agitados, vai depender da personalidade do animal se o seu comportamento será calmo nessas situações.

A necessidade de escovar os dentes do cachorro serve para evitar doenças bucais, elimina germes vindos de brinquedos ou de onde o cão lambeu, por serem muito curiosos, os amigos de quatro patas passam a língua em diversos locais, que podem ter muitas bactérias.

Esse artigo tem em média um tempo de leitura de 10 minutos, mas dividimos ele em temas, veja:

  • Dicas de como escovar os dentes do cachorro
  • Por que escovar os dentes do cachorro
  • Dentista para cachorro
  • Quais ferramentas usar
  • Passo a passo para escovar os dentes do cachorro
  • Cão idoso perdendo dentes
  • Conclusão

Dicas de como escovar os dentes do cachorro

Para escovar os dentes do cachorro é preciso ter muita calma e paciência, você deve passar segurança para o cão, assim ele irá ficar tranquilo e confiar em você.

O bem-estar de nossos cães são fundamental para que ele viva por muito tempo, além de ser saudável e feliz.

Então vamos às dicas para escovar os dentes do cachorro:

  1. comece cedo: será mais confortável para a educação de seu cachorro, que você comece cedo a escovar os seus dentes, quando filhotes, os pets têm mais facilidade de ser adestrado.
  2. recompensa: uma das principais dicas para adestrar um filhote, é recompensá-lo com isso você pode oferecer um bom petisco durante o treinamento, ele irá repetir o bom comportamento para receber um presente.
  3. escova pequena: use uma escova pequena, os cães podem até ter um focinho grande, porém não tem tantos dentes como os humanos. Então é mais fácil usar uma escova de dentes pequena para que o cão não se incomode.
  4. ossos de brinquedo: use osso para cachorro, ele tem substâncias que não são nocivas ao cachorro e limpam os dentes do animal.
  5. escove devagar: essa é a dica mais importante para que seu cachorro se acostume e deixe que seja feito de forma tranquila a escovação. Escove devagar e de maneira circular, pois a gengiva dos cães são sensíveis, então escovar os dentes do cachorro devagar é fundamental.

Seguindo as dicas acima, assim o animal ficará mais maleável e escovar os dentes do cachorro pode até se tornar um hábito. É vital que faça uma consulta ao veterinário para saber mais sobre o passo a passo de como escovar os dentes do cachorro.

Quantas vezes escovar os dentes do cachorro por dia?

Os cães não têm os dentes tão resistentes quanto ao dos humanos, por isso não pode escovar 3 vezes ao dia como nós.

Basta 1 vez ao dia que seu cão estará com uma boa saúde bucal, o importante é que seja diário, para prevenir doenças, mau hálito, entre outras bactérias que podem ser atraídas por um cachorro com dentes sujos.

Todo cuidado com o cachorro é pouco, observá-los e levar eles ao veterinário em um curto espaço de tempo é muito bom, mantenha seu cão saudável para ele ter mais prosperidade e prolongamento da vida.

Após essas dicas, é bom entender o porquê de escovar os dentes do cachorro, veja:

Por que escovar os dentes do cachorro?

Escovar os dentes do cachorro é essencial para ele ter uma boa saúde e poder viver com você o máximo possível. Restos de comida, prevenção de doenças, bactérias nos dentes, estes são exemplos do porquê se deve escovar os dentes do cachorro.

Os restos de comida podem ficar estragados ou incomodar o cão, com isso, ele pode ficar estressado o que pode gerar outros problemas na saúde do seu pet, por isso é importante estar atento e escovar os dentes do cachorro diariamente.

Já na prevenção de doenças, o hábito da escovação evita que ele tenha as seguintes doenças bucais:

  • tártaro
  • gengivite
  • periodontite

Em 5 minutos que você passa cuidando dos dentes de seu cachorro, você já previne 3 doenças que podem ser graves. Elas causam dores, queda nos dentes, entre outros problemas que podem te levar a ter um alto custo no veterinário.

Porém, não é apenas escovando que você vai evitar todas as doenças bucais que seu cão pode ter, afinal eles passam a língua por todo o lugar, já que ela ajuda eles a identificar aromas, gostos e a demonstrar carinho ao seu tutor.

Então escovar a língua dele também é necessário para manter a boca de seu melhor amigo sempre limpa e adequada para uma vida saudável. Dessa forma você evita que ele tenha bactérias vindas do chão ou de plantas que ele pode ter lambido no ambiente residencial.

O que essas 3 doenças causam?

Essas 3 principais doenças que são adquiridas pela falta de hábito de escovar os dentes do cachorro, tem efeitos colaterais que preocupa qualquer tutor e pode gerar mais cuidados que você deve ter com os cães. Confira:

  • periodontite: a periodontite pode vir dos restos de comida que podem machucar a gengiva do cachorro, ela causa a perda de dentes e isso irá dificultar sua alimentação.
  • gengivite: com a periodontite, vem a gengivite. Ela causa sangramento na gengiva e inchaço, com fortes dores ao mesmo tempo.
  • tártaro: o tártaro causa fragilidade aos dentes, oferecendo um espaço para o surgimento de cáries, causando o apodrecimento dos dentes, além de esteticamente deixar os dentes amarelados.

A partir do surgimento de tais problemas, cresceu a profissão de dentistas para cachorro. Sendo a solução de muitos tutores na hora de cuidar de seus cachorros.

E é por isso que você deve levá-lo a uma consulta nos dentistas para cachorro, confira algumas informações que irão te ajudar a considerar ter um dentista para seu amigo de quatro patas:

Dentista para cachorro

Se de alguma maneira escovar os dentes do seu cachorro não está dando resultados e você percebeu que ele está com alguns problemas nos dentes ou gengiva, é fundamental que você o leve a um especialista, para ser orientado de como fazer a escovação.

Além disso, seu cão receberá todo o respaldo de um profissional especializado em uma parte do corpo do animal que requer muito cuidado. Resolver problemas com tártaro, gengivite e outras doenças bucais não são uma tarefa simples, por isso um dentista para cachorro é necessário.

Geralmente os cachorros ficam mais calmos na hora de tomar um banho, seja com seu tutor ou em um pet shop que você leve seu pet. Faça a higienização da boca de seu cão nessa atividade, ou peça para que o atendente que dará banho em seu animal o faça.

É difícil identificar se um cachorro está com dor nos dentes, afinal eles não são de demonstrar muito esse tipo de dor. Porém, tem alguns pontos chave na hora de identificar quando eles estão sofrendo com isso, saiba mais:

Como identificar se o cão está com dor de dente

O cachorro não demonstra dores como nós, geralmente eles mostram dores físicas como uma pata machucada, mancando por alguma dor na sola da pata, entre outras coisas.

Um dos principais indicadores de que seu cachorro está sofrendo é a falta de apetite, porém isso não é uma forma específica de dor nos dentes, outro jeito de ele demonstrar essa dor é a de mudar de personalidade.

Por exemplo: se o cão é espoleta e enérgico, a tendência é que fique quieto em um canto, além disso, quando estiver se alimentando, podem ficar chorando por sentirem dor com a mastigação.

Por esses motivos, é necessária a ida ao dentista para cachorro, a higiene bucal deve ser feita de maneira diária. Lembre-se que você deve realizar a escovação com um creme dental específico para cachorro, afinal a pasta de dente para humanos pode intoxicar o cão.

Mas o creme dental é somente uma das ferramentas que você precisa usar na escovação diária. Saiba mais sobre os utensílios para realizar a escovação:

Quais ferramentas usar

A escovação diária é a melhor ferramenta para a saúde bucal de seu animal, porém escovar os dentes do cachorro é necessário utensílios específicos, afinal a nossa escova de dentes é muito maior do que o necessário para o cachorro.

Para evitar o mau hálito e doenças bucais você deve usar as seguintes ferramentas:

  • Creme dental: a primeira dúvida é se o creme dental pode ser o mesmo que usamos diariamente, isso deve ser evitado. A pasta de dente que utilizamos podem intoxicar o cão, como já dito. O creme dental para cachorros deve ser comprado em um pet shop de sua preferência.

No caso dos sabores que os cachorros preferem é geralmente de carne ou frango, recomendamos que use um desses sabores para que o cachorro se adapte melhor a escovar os dentes.

  • Escova de dentes: para escovar os dentes do cachorro, o ideal é que se inicie a partir de uma gaze, aquelas que usamos para limpar nossos machucados mesmo. A tendência é que o cão não se intimide de ter algo dentro de sua boca e seja mais cômodo para ele na hora de escovar os dentes.

Porém, depois de seu cachorro se acostumar, você pode passar a utilizar uma dedeira, é uma escova de dentes para colocar o dedo por dentro dela e escovar os dentes do cachorro. Ela atinge lugares mais específicos dentro da boca do animal, por isso é mais recomendada.

  • Petisco: para uma melhor adaptação, escovar os dentes do cachorro é um bom comportamento, sendo assim recompense-o para ele entender que deve continuar a fazer um bom trabalho na escovação diária.

Essas ferramentas já são 50% da solução das doenças bucais, o próximo passo para resolver esses problemas, é a ida a um médico veterinário, especializado como dentista para cachorros.

Vamos então a um passo a passo para aprender a escovar os dentes do cachorro. Acompanhe:

Passo a passo para escovar os dentes do cachorro

Para que seu cachorro tenha uma vida longa e próspera, os cuidados com ele deve ser minuciosos, por isso, aprender como se escova os dentes do cachorro é uma ótima maneira de cuidar dele e preserva sua saúde bucal. Vamos ao passo a passo:

  1. Certifique-se de acostumar ele a ferramenta que você vai usar, como recomendamos acima, use uma gaze. Apresente-o a gaze, passando ela em sua gengiva, enquanto isso pegue um petisco e reparta em vários pedaços para ir recompensando ele.
  2. Se ele começar a morder a gaze ou ficar rosnando, pare. Deixe ele descansar por um tempo, o cachorro não irá se adaptar rapidamente a escovação diária. Além disso, ofereça uma degustação da pasta de dente para ele acostumar ao gosto e não se incomodar quando você utilizar.
  3. Crie uma rotina, busque escovar os dentes do cachorro em um horário específico todos os dias. Mesmo que não consiga fazer essa atividade todos os dias, vá criando o hábito aos poucos, ao menos 3 vezes por semana.
  4. Faça movimentos circulares, quando você estiver a escovar os dentes do cachorro é indicado que faça movimentos devagares e de forma rotacional.
  5. Tenha paciência, os cães podem se incomodar se você não os transmitir confiança e calma. Por isso é importante que você fique tranquilo nessa situação.
  6. Não force o cachorro, é importante que você não estresse o cão. Se ele estiver rosnando ou mordendo a escova de dentes ou gaze, pare imediatamente. Seu cachorro está estressado com a atividade.
  7. Faça a escovação diária por poucos minutos, essa situação não é das mais agradáveis para um cachorro, por isso não pode durar tanto tempo quanto os humanos fazem, 3 minutos é um bom limite para acostumar o cachorro na adaptação.

Seguindo essas dicas na hora de escovar os dentes do seu cachorro, ele vai se adaptar rapidamente, ainda mais se usar um creme dental que tenha um sabor gostoso para ele.

O melhor que podemos fazer para nossos cães é demonstrar carinho e preocupação com sua saúde, por isso tome todo o cuidado necessário: leve-o em um médico veterinário e peça uma indicação de um bom dentista para cachorro.

Engana-se quem pensa que as doenças bucais não são comuns, elas podem acontecer em qualquer estágio da vida do cachorro, além disso, provoca a perda de dentes. Ficará difícil ele comer depois disso. E isso pode desencadear um cão desnutrido, não é o que queremos, não é mesmo?

Mas tem um estágio da vida em que os problemas de saúde surgem, e são inevitáveis. O seu cachorro está envelhecendo e perdendo alguns dentes? Veja por que isso acontece:

Cão idoso perdendo dentes

Com a chegada da terceira idade, o cachorro tende a sofrer algumas alterações no corpo, uma delas é sua arcada dentária sofrer com a velhice. Dessa forma a dificuldade com a alimentação fica complicada para o cão.

Manter a escovação diária é importante para você poder evitar que isso aconteça, por isso recomendamos fortemente essa atividade. De qualquer forma, essa queda nos dentes pode acontecer por velhice ou por algum machucado adquirido na boca do seu pet.

Como o corpo dele está ficando velho, a tendência de sofrer muito mais com coisas pequenas, logo ele ficará mais dependente de sua observação e de receber consultas do médico veterinário.

Porém, é um processo natural, não há o que temer, por isso temos um artigo específico sobre cães idosos para que você tome todas as preocupações necessárias para que seu cachorro tenha uma saúde mais regular, mesmo nessa idade.

Conclusão

Então podemos concluir que os cães merecem todo o cuidado, até mesmo na higiene bucal. Como diz o ditado: “a saúde começa pela boca”. Até para os cachorros ele funciona, então não tenha medo de praticar a escovação diária com seu pet.

É vital que você vá em frente na prática e ative uma rotina ao seu cão, ele se adapta rápido aos hábitos de seu tutor, além dos benefícios a saúde de seu cachorro, escovar os dentes do cachorro ainda equilibra seu hálito.

Ou seja, quando for brincar com seu pet, ele não irá baforar no seu rosto um hálito desagradável, por isso é cuidar da saúde bucal também favorece a estética do animal.

Conheça os petiscos oferecidos pela John’s Farms, eles são naturais e não vão alteraram a base calórica do seu cachorro de maneira significativa, além disso, eles possuem substâncias que ajudam a limpar os dentes de seu animal, elas não intoxicam seu cachorro, então pode ficar tranquilo.

Recompensar o pet é essencial para que ele aprenda de forma mais rápida a escovar os dentes, pois quem não gosta de um bom petisco não é mesmo? Até mesmo nós humanos gostamos de comer uma “besteira” de vez em quando.