Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!
Maykon M. Martins

Escrito por Maykon M. Martins em 24 de abril de 2019

Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!

Cinco raças de cachorros que dificilmente vemos no Brasil

Ao checar as redes sociais é difícil não dar play em um vídeo que aparece um cachorro um tanto quanto fofinho, que mexe com nossos sentimentos e nos faz ter vontade de ter todos ao nosso alcance.

Em todo o mundo, há mais de 400 raças de cachorro espalhadas e nem todas são facilmente encontradas no Brasil, algumas inclusive, correm o risco de serem extintas. 

Ao nos depararmos com esses vídeos, nem imaginamos a origem do animal e nem onde é possível encontrará - lo. Ao longo do texto abordamos maiores informações a respeito de cinco raças de cachorro raramente vistas no Brasil.
    
Cinco raças de cachorro que dificilmente vemos no Brasil

1 - Cão dos faraós

O cão dos Faraós é uma das raças de cachorro mais antiga do mundo, surgiu com o intuito de caçar lebres, no ano de 1000 a.C., no Egito Antigo. 

Trata - se de uma raça bem exótica, extremamente inteligente e carinhosa. É um cão super dócil, indicado para conviver com crianças e adultos.

Uma curiosidade é que essa é a única raça de cachorro em que possui a facilidade de ficar corado, semelhante a nós humanos. Como por exemplo, em situações de felicidade e timidez, as orelhas e o nariz mudam de cor, tornando - se avermelhada.

2 - Cão Pelado dos Incas

A origem dessa raça é incerta, mas sua existência é comprovada em civilizações anteriores aos Incas. 

Eles eram considerados pelos Incas, como o guia da alma, por esse motivo era envolvido em cultos lunares e cerimônias.

Trata - se de um cão perfeito para conviver com qualquer família. É dócil, brincalhão, obediente, protetor, fiel ao dono e muito cuidadoso com as crianças.
 
Por ser um animal sem pelo, necessita de atenção redobrada com exposição ao sol, sendo obrigatório o uso de protetor solar a fim de evitar queimaduras. No inverno, procure mantê-lo bem quentinho com roupas apropriadas. 

O Cão Pelado dos Incas é uma das raças de cachorro mais protegidas pelos criadores peruanos, para manter sua linhagem, uma vez que existem poucos no mundo.

3 - Boiadeiro dos Flandres


Os registros mostram que essa raça foi criada há mais de cem anos com o objetivo de ajudar no pastoreio de rebanhos em fazendas na Europa. 

O boiadeiro dos Flandres é uma das raças de cachorro que ficou mundialmente conhecida por seu desempenho junto as forças armadas na Primeira Guerra Mundial, auxiliando nas entregas de cartas, buscas e resgates de soldados feridos.

É um animal extremamente elegante, imponente, corpo musculoso e bastante ágil. Demanda um dono com um pouco mais de firmeza na sua educação, uma vez que é um cão bastante teimoso, dominador e não muito amigável em obedecer. 

4 – Saluki

Considerado uma das raças de cachorro mais rápida do mundo, o Saluki é muito antigo, surgindo juntamente com as primeiras civilizações egípcias. Era um cão de grande valor para o povo da época, sendo mumificado ao lado dos faraós. 

Trata - se de um cão bem tímido, calmo, gosta de brincar, entreter junto com a família e praticar exercícios, sendo um ótimo parceiro para te acompanhar em corridas ou caminhadas. 

5 -  Water Spaniel Irlandês


Conhecido por sua excelente capacidade de natação, o Water Spaniel Irlandês é uma das raças de cachorro que auxiliavam os pescadores na caça de peixes e aves aquáticas. Acredita - se que essa raça tenha sido a originária do poodle pela semelhança da pelagem. 

São cães bem apegados e leal a seu dono, não são tão amigáveis com pessoas desconhecidos, portanto, não é um bom cão de guarda. Acontece ao contrário quando o assunto é convivência com outros animais, nesse quesito, ele é bem sociável e se dá muito bem até mesmo com outras espécies de animais.  Possuem um índice alto de inteligência e agilidade, por isso, demandam um tempo diário para exercícios físicos e mentais.