newsletter

Quer receber mais dicas para fazer seu PetShop crescer em momentos de crise?

Preencha os dados abaixo para receber nossos últimos artigos em seu E-mail

Maykon M. Martins

Escrito por Maykon M. Martins em 29 de novembro de 2019

Cachorro com tosse seca ou engasgando: saiba o porquê

O cachorro com tosse seca ou engasgando gera uma preocupação que é bem comum entre os tutores.

cachorro com tosse

A tosse é um problema recorrente entre raças pequenas, mas até mesmo os cães de maior porte podem sofrer com isso, que ocorre, normalmente, quando os cães estão agitados pela ansiedade de comer.

Assim eles podem ir com muita “sede ao pote” e acaba entrando alimentos pelo “buraco errado”.

Quando o cachorro com tosse seca manifesta esse incômodo, quer dizer que algo está bloqueando sua garganta, ou até suas vias nasais. Espirrar muito é um sinal de que ele está com dificuldade de respirar.

Por isso sempre recomendamos que você esteja de olho no seu cão, ainda mais no cachorro com tosse seca ou engasgando, além disso, nos menores sinais é que fica claro a necessidade de levar seu pet ao médico veterinário.

Consultar um veterinário nunca é ruim, ele te passará tranquilidade e vai diagnosticar seu amigo e verificar se a tosse seca do cachorro é um perigo.

Você pode ajudar o cachorro com tosse seca ou engasgando, diagnosticando rapidamente o motivo. Confira alguns sintomas que você deve identificar:

  • tosse seca
  • secreção saindo pelo nariz, boca, etc
  • febre
  • vômito
  • engasgos

Portanto nesse texto iremos ver os seguintes tópicos:

  1. Causas da tosse seca ou engasgos
  2. Prevenções para evitar a tosse seca ou engasgos
  3. Os perigos do cachorro com tosse seca ou engasgando
  4. Espirro reverso
  5. Remédios naturais
  6. Tosse seca pode ser problema cardíaco
  7. Conclusão

Uma dica muito importante que você deve ter em mente é de observar a saúde do seu cão, afinal ele é totalmente dependente de suas ações, por isso você deve levá-lo ao médico veterinário para ele diagnosticar, além disso, fazer um check up a cada 6 meses ou anualmente.

O cachorro com tosse seca ou engasgando pode ter alguns problemas, por isso, saiba identificar os sintomas e conheça as causas:

Causas da tosse seca ou engasgos

Um cachorro com tosse seca ou engasgando é um perigo que acontece de forma recorrente, e preocupa muito o tutor, por vezes não se sabe as causas dessa tosse.

Elas podem ser provocadas por coisas simples, ou até mesmo algum problema na faringe, em que talvez precise de uma cirurgia, um diagnóstico com o veterinário é fundamental.

O cachorro com tosse seca ou engasgando pode ter ficado assim por alergia, alguns animais têm alergias sobre diversas coisas, algumas delas são: poeira, sinusite, laringite, vírus da gripe, entre outros motivos.

Já os engasgos podem vir da faringe ou laringe, porém há outros problemas que vem dos engasgos e isso deve ser visto com cuidado.

Os cães de porte médio e grande possuem a boca grande suficiente para engolir coisas grandes que podem engasgá-los, porque e elas travaram na garganta como brinquedos pequenos e médios, prejudicando a saúde e o bem-estar do seu cão.

Portanto na hora de comprar um brinquedo ou um osso para cachorro tome muito cuidado para que ele não tente engolir o objeto, todo cuidado é pouco com o melhor amigo do homem.

O cachorro que está engasgado precisa de uma atenção maior, afinal isso pode bloquear sua garganta, impedindo ele de não conseguir respirar.

Para isso, tenha um contato de um médico veterinário, ou até mesmo um hospital veterinário para situações de emergência, eles irão te instruir sobre o que fazer até o resgate chegar.

Conhecidas as causas do cachorro com tosse seca ou engasgando, agora é hora de saber como prevenir esses problemas, abaixo temos algumas dicas que vão ser úteis nessas situações, acompanhe:

Prevenções para evitar a tosse seca ou engasgos

Antes de tomar qualquer providência e começar a medicar o cachorro com tosse seca ou engasgando, leve-o a um veterinário e peça um check-up para ver se ele tem alergias ou algo crônico.

Você poderá saber quais os remédios e o tratamento que ele deve receber ou evitar.

Dessa forma, vamos listar algumas prevenções a se tomar para evitar um cachorro com tosse seca ou engasgando:

  • higiene: sempre mantenha o espaço em que se cão fica, higienizado, isso é a dica mais importante que podemos oferecer, porque evita vírus e outros perigos para o cachorro
  • alimentação adequada: se você estiver proporcionando a alimentação adequada, com os níveis de nutrientes corretos, dificilmente seu cachorro terá problemas respiratórios, já que ele terá uma boa saúde
  • lave as vasilhas: ao menos a cada 3 dias, você deve fazer a limpeza das vasilhas de comida e água, com isso você evita acumulação de germes ou bactérias, além de eliminar a chance de ter um ataque de formigas ou outros insetos a comida de seu cachorro
  • medicamentos: após a indicação dos remédios e receitas garantidas com um médico veterinário de confiança, o cachorro com tosse seca ou engasgando, deve receber os medicamentos na dosagem e horário indicados pelo médico, para que fique melhor o mais rápido possível
  • vários cães: caso você seja tutor de mais de 1 cachorro, você deve fazer uma quarentena para o cachorro com tosse seca ou engasgando, já que esses problemas podem ser transmissíveis.
  • vacinação: por último, mas não menos importante, a vacinação serve para prevenir direto no organismo do cachorro problemas de saúde, isso alivia a preocupação do tutor, e ajuda o cão a não ter esses problemas, mas fique atento mesmo assim, só por precaução.

Todo cuidado com nossos amigos de quatro patas é pouco, não é mesmo?

Tratamento

O tratamento de um cachorro com tosse seca ou engasgando é simples, é feito com xarope ou expectorantes próprios para o organismo do animal, porém como já citado acima, você necessita de uma receita para poder comprar em uma clínica veterinária ou pet shop.

Medicando o animal diariamente e com a dosagem e horários corretos, que foram passados pelo veterinário de confiança do tutor, o cachorro com tosse seca ou engasgando terá uma recuperação em média de 20 dias, para poder ficar 100%.

Os cães idosos, tendem a ter mais complicações respiratórias, por isso os cuidados com eles devem ser dobrados. A ocorrência de engasgos nessa fase da vida é ainda mais frequente, já que ele está com os dentes e mandíbulas mais velhos e frágeis, por conta disso, vão engolir pedaços de comida ou petiscos maiores.

Dessa forma, indicamos que você tenha a prática de dar a ração ou alimentação natural em formas pequenas, para que ele possa mastigar com mais facilidade, ou engolir sem ter problemas do alimento travar em sua garganta.

As prevenções para um cachorro com tosse seca ou engasgando, nunca são demais. Porém você sabe quais os perigos que cão está correndo ao estar nesse estado? Descubra:

Os perigos do cachorro com tosse seca ou engasgando

Cachorro com tosse seca ou engasgando é perigoso já que esses problemas não têm uma idade específica e podem acontecer em qualquer momento da vida do animal.

A partir do momento que você perceber que a tosse é frequente, leve seu cachorro para um veterinário, pois ele está sofrendo com alguma coisa presa em sua garganta, ou gripado, por isso está com a tosse frequente. Isso faz com que ele perca fôlego e ar constantemente, o que pode ser muito perigoso em um passeio, por exemplo.

A febre no cachorro pode ser um problema muito perigoso, geralmente agitados e correndo para todo lado, se o cão está com febre e agitado, o calor de seu corpo pode aumentar muito. Isso pode resultar em um desmaio ou algo mais sério.

Outra coisa que pode virar um hábito do cachorro com tosse seca ou engasgando, são os vômitos. Isso é um perigo comum, acontece muitas vezes durante a vida do cachorro, porém ele pode ficar com medo de comer e ter de vomitar, causando desnutrição e fraqueza.

O cachorro com tosse seca ou engasgando pode transmitir uma gripe ou alguma doença, isso é perigoso para os demais integrantes de sua casa ou apartamento, cuidar de um animal doente já é difícil, imagina de 2 ou mais, pode complicar todo o ambiente.

A apatia e perda de apetite pode ser um problema grave para o tutor, já que o cachorro com tosse seca ou engasgando ficará irritado com sua situação, e a tendência é de que ele fique abatido até estar 100% novamente.

Mas não é só essa tosse seca e frequente que você deve se preocupar. Você conhece o espirro reverso? Descubra se o seu cachorro possui esse problema respiratório, confira:

Espirro reverso

Cachorros de portes menores tendem a ter o espirro reverso, isso é devido ao tamanho de seus pulmões. Complicando suas vias nasais ao respirar, os cachorros da raça Shih Tzu são os que mais sofrem com isso.

O que é o espirro reverso?

Esse é um problema que assusta muito, tem um barulho estranho e você pensa que o cão está se afogando com a própria respiração, o que de fato acontece é que ao invés de expelir o ar no momento do espirro, que é o normal, o cachorro coloca o ar do espirro para dentro.

Ou seja, assim como nós, o cachorro espirra para se livrar se algo incomum nas vias nasais, porém no espirro reverso, ao invés dele por para fora o que incomoda, ele põe para dentro, causando uma sequência de barulhos estranhos. Neste vídeo há um exemplo de cachorro com espirro reverso.

Porque o espirro reverso acontece?

Os motivos são os mesmos do espirro natural, porém um cachorro com tosse seca ou engasgando tende a sofrer por mais tempo com isso. Veja os motivos:

  • bolas de pelo na garganta
  • mudanças de temperatura repentinas
  • sujeira ou poeira
  • secreções na boca, garganta ou nariz

Segundo a Dra. Ligia Antocheski Garcia, todos os cães podem sofrer com o espirro reverso, mas cães de menor porte irão ter mais tendência a ter esse problema.

“Ele é mais comum em cães de pequeno porte e braquicefálicos, devido a alterações anatômicas características”

O espirro reverso assusta, mas pode ser corrigido de maneira simples, tampando as narinas do cão e massageando a sua garganta, você pode ajudar ele a parar com isso. Porém recomendamos que o leve em um veterinário para receber a melhor orientação possível.

Isso não é uma doença, então não há um tratamento específico, é uma dificuldade na hora do animal espirrar mesmo, como os cães estão mais próximos do chão e possuem um olfato aguçado, a tendência deles respirarem mais poeira e sujeira é maior.

Por isso demos a dica acima de sempre manter o ambiente do animal o mais limpo possível, se não o cachorro com tosse seca ou engasgando pode ter consequências piores.

Se você trata seu cão com uma alimentação natural, continue no texto e saiba mais sobre remédios naturais para evitar que o cachorro com tosse seca ou engasgando piore. Veja:

Remédios naturais

Há remédios naturais muito úteis que podem ser combinados com uma alimentação natural, isso pode curar o cachorro com tosse seca ou engasgando e ajudar muito em sua respiração e limpar a garganta.

Até nós humanos utilizamos o famoso mel com limão para melhorar da gripe ou dor de garganta, no caso dos cachorros, somente o mel pode ser usado, saiba porque o limão não é recomendado neste artigo: Frutas e vegetais para cachorro.

Porém tem um adendo importante sobre o mel, ele deve ser totalmente natural, o mel vendido nos mercados comuns podem ter uma alta taxa de açúcar. Recomendamos que você procure um produtor de mel próximo onde você mora para adquirir um mel natural.

Ofereça apenas um pouco em uma colher para que ele lamba e melhore sua garganta.

Alimentos ricos em vitaminas A, E e K, são essenciais para a saúde do cachorro, eles além de deixar o cão saudável, ajudam a curar um cachorro com tosse seca ou engasgando, alguns alimentos ricos nessas vitaminas são:

  • Manga
  • Cenoura
  • Batata-doce
  • Acerola
  • Espinafre
  • Abacate
  • Castanha-do-Pará
  • Brócolis
  • Alface

Estes são apenas alguns exemplos, uma alimentação natural e com essas vitaminas, além de proteína e carboidratos, são melhores que qualquer tipo de ração que se pode ter.

Além disso, recomendamos que você ofereça ao seu cachorro, petiscos para que ele não se acostume a mesma refeição todos os dias e tenha um agrado de vez em quando.

Os petiscos John’s Farms oferecem ao cão, um complemento de nutrientes que ele pode não ter recebido nas refeições.

Sopa

Se você somar esses alimentos em uma refeição e oferecer ao seu cachorro com tosse seca ou engasgando, ele além de amar o sabor, vai ficar muito melhor. Nada melhor que uma sopa para se livrar de uma gripe ou tosse chata.

Até mesmo um chá pode ser oferecido ao cão, juntando mel com algum alimento que possua vitaminas, ficará excelente e ele pode melhorar rapidamente.

Perceba que são soluções fáceis de fazer, mas lembre-se de diagnosticar seu cão em um veterinário.

Não é regra, mas você sabia que tosse seca pode ser problema cardíaco? Saiba o porquê.

Tosse seca pode ser problema cardíaco

O cachorro com tosse seca ou engasgando pode ser um problema sério como já deu para perceber durante o texto, porém ele pode se tornar crítico se você apurar os níveis cardíacos do seu pet.

Por conta de ter de fazer uma pressão muito grande ao tossir, o cachorro força muito o coração, se durar muito tempo, isso pode passar para um problema cardíaco muito perigoso.

Pode acontecer de o animal ter uma falha no fluxo sanguíneo, isso acontece com mais frequência em cães mais velhos, por isso é um perigo que o tutor não pode deixar passar, afinal todo cuidado é pouco nessa idade. A tosse engasgada e seca é a identificação mais comum desse problema cardíaco.

Conclusão

Podemos ver nesse artigo que os cuidados com nossos filhos de quatro patas nunca são demais, e que uma simples tosse pode virar uma “bola de neve” muito maior do que esperamos.

Para que você saiba tudo sobre a saúde do seu cachorro e consiga cuidar dele da melhor maneira, preparamos um material muito especial para você conferir 5 tipos de doenças mais comuns em cachorro.